Você está aqui:Página Inicial > Educação > Escola homenageia Lima Barreto e aluna vencedora de Concurso Nacional é premiada pelo STJ, em Valparaíso

Escola homenageia Lima Barreto e aluna vencedora de Concurso Nacional é premiada pelo STJ, em Valparaíso

A Escola Municipal Nelson Mandela realizou na quinta-feira (23/11), a culminância do projeto Consciência Negra, em homenagem ao escritor e jornalista brasileiro, Afonso Henrique Lima Barreto.

 

O projeto desenvolvido pela Unidade de Ensino objetivou redimensionar fatos, transformando atores antes esquecidos em protagonistas, destacando minorias, indagando inteligentemente o passado, por intermédio de questões observadas dentro do cotidiano escolar.

 

A iniciativa que contou com o apoio do Governo Municipal de Valparaíso de Goiás e da Secretaria Municipal de Educação, foi  dedicada à vida de Lima Barreto, que ficou conhecido por suas obras que ilustravam experiências próprias, enquanto outras abordavam injustiças no âmbito social.

 

Barreto sentiu na pele as conseqüências de ousar ser um homem negro ocupando um espaço completamente dominado por brancos. Ele possuía um estilo literário fora dos padrões de sua época, combatendo a forma mais complexa de racismo que se mantém forte até hoje no Brasil.

 

Segundo a diretora Vanubia Ferraz, a Escola Nelson Mandela, teve a honra e o prazer de receber todos convidados. A educadora também ressaltou a magnitude do projeto e lembrou a trajetória de Lima Barreto. “Ele viveu numa sociedade elitista e preconceituosa, que sempre tentou esconder a escravidão. Mas sempre lutou e reivindicou os direitos para destacar a literatura brasileira. Foi um homem nacionalista, que só valorizava o que era brasileiro. Era inconformado com o preconceito racional, onde a capacidade e o caráter era medido pela cor da pele. Barreto foi um homem à frente do seu tempo”, comentou.

 

Para a secretária de Educação, Rudilene Farias, este foi um momento oportuno para destacar a importância de Lima Barreto e mostrar que ele ainda tem muito a dizer aos brasileiros, principalmente, quando abordamos temas voltados ao preconceito.  “A escolha do homenageado foi muito significativa para este projeto, pois ele combatia o racismo em seu tempo e suas obras continuam sendo muito atuais para o que vivemos atualmente no Brasil. O preconceito, infelizmente, segue fazendo muitas vítimas”, afirmou.

 

Para o prefeito Pábio Mossoró, as apresentações musicais e teatrais realizadas pelos alunos, expressaram as raízes do País e marcaram a culminância do projeto escolar. Ainda de acordo com ele, temáticas que abordam a desigualdade social e o racismo são essenciais para conscientizar os estudantes e combater quaisquer formas de preconceitos em todos os âmbitos da sociedade. “Os jovens, professores e demais profissionais estão de parabéns. Essa é uma escola que enfrentas muitos obstáculos e mesmo assim apresenta bons frutos. Que outras escolas da nossa cidade sigam este belo exemplo de trabalho, em prol de uma educação comprometida com o social e de qualidade”, elogiou.  

 

Estudante vence Concurso Nacional e é premiada pelo STJ

 

Ainda durante o evento, foram realizadas apresentações teatrais e musicais, feiras expositivas e a premiação da estudante Juliana da Cruz de Oliveira, de 14 anos. A jovem promissora que cursa o 8º ano do Ensino Fundamental teve seu desenho escolhido e ganhou o Concurso Nacional do Projeto Museu-Escola. Ela foi premiada pelo Superior Tribunal de Justiça do Brasil com a entrega de um tablet.

 

A senhora Laurita Hilário Vaz, atual ministra e presidente do STJ, foi representada na Escola Nelson Mandela pelo senhor Valmir Vargas. “Nós viemos aqui com muita alegria, neste dia tão festivo, para premiar a aluna Juliana, na qual eu também cumprimento o seu pai, o senhor Pedro Paulo de Oliveira Neto”, discursou.

 

O desenho criado dela aluna valparaisense foi inspirado na preservação do meio ambiente. Ainda de acordo com Valmir, a obra virará um selo e será distribuído pelos Correios em todo País.

 


Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Valparaíso de Goiás

 

 

 

 

Compartilhar

Desenvolvido por