Você está aqui:Página Inicial > Educação > Governo municipal, Secretaria Cidadã e Ministério da Justiça unidos a favor da Cultura de Paz

Governo municipal, Secretaria Cidadã e Ministério da Justiça unidos a favor da Cultura de Paz

Na tarde desta quarta-feira, 22/03, o chefe do executivo municipal, Pábio Mossoró, assinou o termo de adesão do projeto Mulheres da Paz e Proteção de Jovens em Território Vulnerável (PROTEJO), programas desenvolvidos nos municípios goianos pela Secretaria de Estado da Mulher, Desenvolvimento Social, Igualdade Racial, Direitos Humanos e do Trabalho (Secretaria Cidadã), em parceria com o Ministério da Justiça e Segurança Pública do governo federal.

O objetivo do convênio é capacitar mulheres atuantes na comunidade para agirem como multiplicadoras e mediadoras sociais, de forma a prevenir a violência doméstica e enfrentar as violências que compõem a realidade local e que envolvam jovens e mulheres.

O programa de Proteção de Jovens em Território Vulnerável (PROTEJO) tem o propósito de promover a cidadania, qualificação profissional e inclusão social. A ideia é prevenir a violência, criminalidade e o envolvimento com drogas. O público-alvo do programa são os jovens entre 15 e 24 anos em situação de risco ou vulnerabilidade familiar e social, jovens em situação de rua ou que estão em fase de cumprimento de medidas socioeducativas.

Segundo a superintendente de Políticas para mulheres, Cecília Mello, o convênio fortalece também as políticas para mulheres e o empoderamento feminino. “Nós vamos realizar uma capacitação de mulheres e jovens para implantação dos projetos, visando atuação na comunidade, autonomia das mulheres e fortalecimento da cidadania na cultura pela paz. O principio do projeto é retomar a pacificação, mas garante a atuação da própria comunidade para que opere em benefício dela mesma. Essas mulheres serão o ponto de referência das comunidades”, ressaltou.

Em reunião, o prefeito também assumiu a preocupação e o compromisso de rearticular o Conselho Municipal dos Direitos das Mulheres. A secretária administrativa do Conselho Estadual da Mulher, Ângela Café, se colocou à disposição para realizar uma capacitação e apoio para os bons trabalhos do conselho. “A visão do prefeito é desenvolver as políticas públicas, inclusive incluindo o Conselho, porque precisamos do trabalho do órgão fiscalizador para nos ajudar”, evidenciou a assessora especial da mulher, Sandra Miranda.

Participaram da reunião a superintendente de Políticas para mulheres, Cecília Mello, a gerente da Diversidade Sexual, Maria Fontes, a secretária administrativa do Conselho Estadual da Mulher, Ângela Café e a assessora Especial da Mulher, Sandra Miranda.

Entenda o trabalho da Assessoria Especial da Mulher

A Assessoria Especial da Mulher está diretamente ligada ao Gabinete do prefeito de Valparaíso de Goiás e atua como um organismo de promoção de políticas públicas voltadas às mulheres valparaisenses.

A Assessoria, braço do Poder Executivo Municipal, atende mulheres vítimas de violência realizando o encaminhamento aos órgãos de apoio social, no entanto, muito além do atendimento às mulheres vítimas de violência, o órgão foca em objetivos primordiais para o combate às discriminações, são eles:

– Fortalecer as políticas municipais de inclusão das mulheres valparaisenses;

– Potencializar as múltiplas formas de expressão feminina;

– Consolidar o combate a todos os tipos de preconceitos e violências contra a Mulher.

Endereço: Quadra 08, Lote 18 da Etapa A.

Texto: Juliana Gentila

Foto: Sérgio Grant

Compartilhar

Desenvolvido por