Você está aqui:Página Inicial > Educação > NAEEI trabalha para garantir o processo de inclusão de alunos especiais

NAEEI trabalha para garantir o processo de inclusão de alunos especiais

Ao longo desta semana, por intermédio da Secretaria Municipal de Educação, o Núcleo de Atendimento Especializado em Educação Inclusiva – NAEEI promoveu visitas a algumas unidades públicas de ensino com a missão de verificar o processo de inclusão do município.

Com a intenção de garantir o serviço de educação especial de qualidade, a equipe de multiprofissionais levou orientações a professores do Atendimento Educacional Especializado – AEE e aos demais membros das equipes de escolas municipais, apontando estratégias para a inclusão de fato dos estudantes com deficiências, transtornos globais do desenvolvimento e altas habilidades/superdotado.

“Estamos realizando essas visitas, com o objetivo de fazer um mapeamento da educação inclusiva e darmos suporte no NAPPE para as escolas do município”, afirmou a psicóloga Úrsula Alves.

Durante passagem pela Escola Municipal Tancredo de Almeida Neves – CAIC, as representantes do NAEEI foram recebidas pela diretora, Lidiany Gonzaga Camilo, acompanhada de Irani de Aquino Braga, professora da classe especial que atende dezenas de alunos com deficiência auditiva, para tratar de questões voltadas à educação inclusiva e dos desafios enfrentados no cotidiano escolar da unidade.

Segundo Lidiany Camilo, a educação inclusiva vive um período de mudanças na cidade e será reestruturada para melhor atender os alunos da rede municipal de ensino. Por essa razão, uma equipe multidisciplinar do Núcleo foi criada e está realizando pesquisas de campo. A meta é traçar ações norteadoras de apoio aos profissionais da AEE.

“O CAIC é uma das maiores escolas de Valparaíso e onde está concentrado um grande número de estudantes. São alunos tanto da classe especial, como também matriculados nas séries regulares. Por isso, temos essa elevada demanda de casos para avaliar e estudar cada situação. Hoje possuímos alunos especiais que necessitam de monitores, devido à patologia deles”, disse a diretora Lidiany.

Participam das visitações, a assistente social, Nádia Veras, a psicopedagoga e coordenadora do NAEEI, Maria Lúcia Bedran, a psicóloga, Úrsula Alves Cedro, além da fisioterapeuta, Michele Guarino Martins, e da fonoaudióloga, Gisdeny Nazaré Tavares Dias.

NAEEI iniciará atendimentos

Na próxima segunda-feira (13), serão iniciadas as atividades do Núcleo de Atendimento Especializado em Educação Inclusiva, mais precisamente no Auditório da Secretaria Municipal de Educação, situado na Rua 13/15, Quadra 15, Lote 1/5, Bairro Etapa A. Lembrando que o horário de funcionamento vai de 8 às 17 horas.

Os alunos chegam ao NAEEI por meio dos encaminhamentos realizados pelos AEE das escolas. Eles também poderão chegar ao projeto direto da comunidade por orientação médica. O Núcleo de Atendimento Especializado trabalha para garantir que a Coordenação dos AEE conte com a ajuda da equipe pedagógica e equipe técnica, dando suporte aos atendimentos nas próprias escolas municipais.

São oferecidos cursos de crochê, tricô e artesanatos para mães, responsáveis e comunidade, nos períodos matutino e vespertino. Tudo que for produzido será dividido entre alunos e projeto. Foi decidido que a parte do NAEEI deverá ser comercializada durante a realização de bazares. O dinheiro arrecadado servirá para comprar materiais e também no auxílio às necessidades do centro.

Texto: Marcelo Carlos

Fotos: Sérgio Grant

Compartilhar

Desenvolvido por